Cultura comemora Dia da Consciência Negra

Em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra, a Secretaria Municipal de Cultura promoveu uma reflexão sobre a valorização da identidade negra, impulsionando a cultura da educação, a convivência e aceitação da diversidade.

O evento aconteceu na Praça Abrigo, teve início às 19h, onde o Secretário de Cultura, Isaías Neto, fez abertura oficial, falando de igualdade racial, combate ao racismo, com enfrentamento à discriminação em razão de raça, cor, etnia e religião.

Em seguida o advogado Marcos Landim, ministrou uma palestra Direitos Humanos no Contexto Negritude, abordando discussões relevantes sobre a história, a cultura e a identidade negra, contribuindo para a desmistificação dos preconceitos em relação aos afrodescendentes, construídos ao longo da história.

“A Comunidade Negra possuí uma cultura bastante plural, com que engloba várias vertentes, como dança, música, capoeira, entre outras, e buscamos contemplar essa rica pluralidade cultural na programação”, destacou Isaías Neto, secretário de Cultura de São Raimundo Nonato.

Após a palestra, os grupos Dança Afro (Comunidade Emas), Afro Vermelho e Capoeira de Quilombo fizeram apresentações de danças e roda de capoeira.

Estiveram prestigiando o evento o vice-prefeito Beto Macedo, Vereadora Katiuscia Ribeiro, Vereador Adilson Ribeiro, o Secretário de Saúde Jussival Júnior e o Secretário do Meio Ambiente André Landim.

Dia da Consciência Negra existe desde 2003. A data foi instituída em homenagem ao dia da morte do líder quilombola Zumbir dos Palmares, em 1695. O quilombola representa a luta contra a escravidão no período colonial. A data é dedicada à reflexão e valorização da cultura e história do negro na sociedade brasileira.

 

 

COMPARTILHAR