Curso no Novo Zabelê capacita agricultores em Meliponicultura

Alunos de um projeto independente de Alfabetização de Jovens e Adultos dos Assentamentos Novo Zabelê, Garrincho, Serra Vermelha, Pé do Morro e Vistosa, estão participando do curso de capacitação em Meliponicultura (projeto de criação de abelhas sem ferrão), que está sendo Ministrado pela pesquisadora DRa Márcia de Fátima Ribeiro, da  Embrapa Semiárido, de Petrolina –PE. O curso tem o apoio da Prefeitura de São Raimundo Nonato, através das Secretarias de Meio Ambiente e Educação.

O Secretário de Meio Ambiente, André Landim, ao lado do Coordenador Municipal da Juventude, Mayron Galvão, e representantes da Secretaria de Educação, participou da abertura do curso, que está acontecendo na Casa de Mel do Assentamento Novo Zabelê. Segundo ele, o aprendizado é sempre bem-vindo. “Sabemos que todos vocês, moradores dessas localidades, já conhecem bem as abelhas sem ferrão. Mas é importante adquirir mais e mais conhecimento”, disse.

A ideia do curso nasceu em sala de aula. O tema Meliponicultura foi discutido e debatido por todos. Foi decidido que as aulas deveriam se estender a outras pessoas da comunidade. Assim nasceu a ideia  do projeto de criação de abelhas sem ferrão e viveiros de mudas de plantas nativas da caatinga.

“Temos aqui alunos experientes em abelhas sem ferrão. Mas, para que o mel, a própolis e o pólen, possam ter a certificação para comercialização, é preciso alguns conhecimentos técnicos”, afirmou a pesquisadora DRa Márcia Ribeiro.

O curso de capacitação em Meliponicultura (projeto de criação de abelhas sem ferrão), teve início nesta quarta-feira, dia 22, e irá até o dia 24, sexta-feira.

Fechar