Reunião com gerentes de unidades define diretrizes para a Atenção Básica

São funções dos gerentes desenvolver as políticas e programas de saúde do Município junto à população, liderando as equipes de saúde das UBSs.

Um dos principais focos da gestão da Prefeita Carmelita Castro é cuidar das pessoas e a área da Saúde é fundamental para reduzir as distâncias sociais na cidade. Partindo dessa premissa, a Prefeitura de São Raimundo Nonato, por meio da Secretaria da Saúde, aderiu o credenciamento de Gerentes de Atenção Primária de Saúde para as Unidades Básicas de Saúde, cujas atribuições foram incluídas na Política Nacional de Atenção Básica. Nesta quarta-feira (06.11), na sede da Secretaria, foi realizado um nivelamento com intuito de apresentar o papel desse profissional na Estratégia de Saúde da Família – ESF, atribuições e desafios.

A Atenção Básica é a principal porta de entrada para a rede pública de saúde. Ela tem capacidade para resolver boa parte dos motivos que levam alguém a procurar os serviços de saúde, além de assegurar a continuidade do cuidado nos demais serviços da rede de saúde. O município conta atualmente com 13 UBSs, situadas estrategicamente em diferentes pontos da cidade. As UBSs desenvolvem ações de prevenção, promoção, proteção e recuperação da saúde e estão ligadas em rede a outros serviços de saúde.

São vocês, gerentes, que farão a gestão em cada local e que saberão, na ponta, o que está acontecendo. Os gerentes precisam estar alinhados com a coordenação da Atenção Básica, que deve estar alinhada com a secretaria de saúde e com a política municipal de saúde, acrescentou a coordenadora da Atenção Básica, Márcia Santos.

Na ocasião, o secretário de Saúde, Jussival Júnior, afirmou que os gerentes das UBSs são os braços operacionais junto à população.

São funções dos gerentes desenvolver as políticas e programas de saúde do Município junto à população, liderando as equipes de saúde das UBSs.

WhatsApp chat